Curiosidades

Você sabe qual foi o primeiro assassinato da história?

Você sabe qual foi o primeiro assassinato da história?
A revista científica PLoS One revela em suas páginas as investigações que se realizaram ao longo de muitos anos para determinar as causas e toda a informação possível sobre a primeira vítima de assassinato, da qual se tem registro.
O primeiro fragmento de este indivíduo foi descoberto no ano de 1990. Mais de 20 anos depois é que finalmente puderam ser reconstruídos todos os segmentos do crânio. Nohemí Sala, líder do estudo e pesquisadora do Centro de Evolução e Comportamento Humanos da Universidade Complutense de Madrid, e do Instituto de Saúde Carlos III, explica ao jornal O globo que tiveram muita sorte na descoberta deste crânio.

Depois de muito trabalho foi possível determinar a forma em que morreu esse homem, que é considerado como o primeiro morto da história. O crânio em questão apresenta dois impactos, muito próximos um do outro. A pesquisadora explica que quando uma pessoa recebe um golpe contundente, a pele da mesma atua como um elástico, o que é primordial para determinar se a ferida foi feita pre ou post-mortem.
As fraturas encontradas estão localizadas nos lugares mais comuns de um confronto corpo-a-corpo, ou seja, o osso frontal. Isso permite deduzir que a vítima estava com vida, no momento de receber estes dois fortes impactos. A idéia de uma queda também é descartada pelo fato de que ambas as fraturas apresentam trajetórias diferentes, mas realizadas com o mesmo objeto contundente.

Os pesquisadores não conseguiram encontrar nenhuma outra lesão no crânio, assim como também nenhum indício de cicatrização, o que aponta que este indivíduo morreu imediatamente depois de receber estes dois fortes golpes com um mesmo objeto.
Depois de 430.000 anos descobriu-se que este jovem homem não morreu de forma acidental ou natural, foi assassinado. O homem se encontrava, provavelmente, em um confronto cara a cara quando recebeu dois golpes mortais que lhe tiraram a vida.
Este crânio foi descoberto no sítio arqueológico de Atapuerca, Burgos, ao lado de outros 17. Os especialistas acreditam que não se trata apenas da descoberta do primeiro assassinato da história, mas que também poderia tratar-se do primeiro ato funerário que se conheça, apesar de que ainda falta muito para descobrir o por que encontravam-se essa quantidade de corpos acumulados no mesmo lugar.
Se você gostou deste artigo, você não pode deixar de ler: o Terrível massacre pré-histórica! O que aconteceu?