Curiosidades

Será que Somos capazes de sentir o cheiro do medo?

Será que Somos capazes de sentir o cheiro do medo?
Os anticiparemos o resultado: de Acordo com o estudo pode-se dizer que sim, o ser humano é capaz de sentir o cheiro do medo, mas o faz de forma totalmente inconsciente. É como se detecta o cérebro e não a nossa nariz.

O experimento foi levado a cabo pela Dra Lilianne Mujica-Parodi. Foram escolhidos 20 voluntários para realizar seu primeiro salto em pára-quedas e se lhes puseram estrategicamente umas pequenas esponjas para recolher o seu suor. No dia seguinte, à mesma hora e durante o mesmo tempo que durava o salto, fez-lhes correr em uma esteira e também se recolheu o suor. Outro grupo de voluntários, ligados a scanners cerebrais, cheiraram as amostras. O resultado foi que, quando destinaram-se sobre as que haviam sido tiradas durante o salto, se ativava a região do cérebro associada ao medo. Isso inferidas que, de alguma forma, captamos o medo que fica no suor e isso nos alerta. Acreditam que o que percebemos são feromonas.

Os pesquisadores acreditam que os feromônios liberados têm sentido evolutivamente, já que o expelerlas, seus congéneres as cheiram e são avisados da existência de um perigo. No mundo animal, as feromonas desempenham um papel básico em aspectos tão importantes como a reprodução, os sinais de alarme ou o território. Em humanos não foi comprovado quimicamente que existam, ainda assim, acredita-se que podem desempenhar um importante papel na atração sexual e após esta pesquisa, também nos processos que levam ao medo ou stress emocional. Um dos aspectos que gera dúvidas sobre se podemos ou não receber as feromonas é o fato de que, ao contrário dos animais, não possuímos em nossos órgãos olfativos os elementos necessários para captarlas. Não obstante, este estudo parece indicar que chegam ao nosso cérebro por alguma outra via.

O inquietante desta pesquisa é o fato de que, ao que parece, o pentágono tinha um motivo oculto no seu interesse: criar uma possível arma de guerra. Se o nosso cérebro ativa, sem nos dar conta, a área do medo ao cheirar essas feromonas, poderia ser algum tipo de spray que as espalhada entre o inimigo provocando pânico entre as suas fileiras. O exército afirma que não é essa sua intenção, mas também poder detectar em controles, por exemplo, de combate ao terrorismo – para aquelas pessoas que estão em uma situação de estresse emocional ou medo. O muito rebuscado? O improvável? O que você acha?
Se você tem interesse neste artigo, talvez você queira ler o artigo sobre cinco cheiros que estão a ponto de desaparecer.