Curiosidades

Os homens azuis do Minch (Lenda escocesa)

Os homens azuis do Minch (Lenda escocesa)
O Minch, o estreito que separa as Ilhas nas Terras Altas da Escócia, é o habitat dos homens azuis. Apesar de ser considerados semelhantes aos Kelpies, as criaturas marinhas mais comuns no folclore escocês, não têm forma de cavalo, como estes, mas a aparência humana. Do mesmo tamanho que um homem, mesmo são capazes de falar. É a diferença do humano, porque seu corpo é de cor azul e a sua volta tem um tom prateado. Nadam, mergulham ou simplesmente flutuam na água esperando o próximo barco. Entre seus poderes é o de provocar tempestades.Diz a lenda que se aproximam dos barcos e o chefe dos homens azuis lhe lança o capitão do navio e um desafio: diz-lhe em voz de grito duas linhas de um poema e o marinheiro deve preencher o verso. Se não o fizer, vai ser atacado por os homens azuis do Minch que procurarão levá da nave e afogar n para todos os seus tripulantes.

Ao longo da história são muitos os que dizem ter encontrado com os homens azuis do Minch, João Brand, ministro da Igreja na Escócia, no ano de 1700 disse ter visto um enquanto navegava pela área do Minch. Descreveu-o como um velho gordo, de barba branca, que surgiu de imprevisto do mar aterrorizando a todos os do barco.

Os escritores escoceses têm dúvidas sobre a origem da figura dos homens azuis do Minch. Debatem-Se entre duas possíveis teorias: a primeira diz que poderiam vir de um grupo de pictos que navegase por essa área em embarcações baixas, e os seus corpos pintados e tatuados que dessem a impressão de ser de cor azul e sair diretamente do mar. A segunda acredita que possa se tratar de tuaregues, homens azuis do deserto, já que estes eram freqüentemente capturados e escravizados pelos povos escandinavos.

O que você acha dessas teorias? Existe no país um ser lendário como os homens azuis do Minch? Se você gostou deste artigo, poderá saber a lenda mexicana da árvore do vampiro.