Curiosidades

Facebook contra a depressão, como?

Grande número de pessoas deprimidas, por isso, Facebook…
A questão é que, ante o alarmante número de pessoas que sofrem desta condição, de que uma parte deles acaba escolhendo o caminho do suicídio, o Facebook decidiu fazer algo. Sua ideia é justamente criar um sistema implantado em sua rede social para poder alertar amigos e familiares de alguém que se considerar que está em risco.

Empresas que colaboraram na criação desta ferramenta são “Now Matters Now”, “National Suicide Prevention Lifeline” ou “Save.org” pelo que podemos deduzir que o projeto é grande e de grande relevância.
O objectivo? Identificar as pessoas em risco
O objetivo da ferramenta é analisar se podemos nos encontrar em uma situação de risco, neste sentido, através de nossas publicações e comentários. Dito de outra forma, a idéia é que todos os comentários, fotografias ou likes que compartilhamos possam servir para nossos amigos e familiares para saber se estamos passando por uma corrida ruim.
Desta forma, se um amigo nosso está em uma situação ruim, somos nós que devemos dar o primeiro passo para ajudá-lo. Se acreditamos que pode cair em depressão, que já o é ou que pode até mesmo chegar a herirse, teríamos que informar ao Facebook através de mensagem. Uma equipe de especialistas irá analisar o conteúdo das publicações de nosso amigo e, no caso de que o considerem oportuno, tomarão as medidas adequadas.

Um sistema que permite ajudar uns aos outros
Chegado a este ponto, a pessoa afetada receberá uma mensagem no estilo “Olá, um amigo acredita que você pode estar atravessando um mau momento e nos pediu que revisemos seus últimos post” Depois que nosso amigo recebesse essa mensagem, você pode decidir se falar com um amigo, receber sugestões ou solicitar a ajuda de profissionais.
Há que dizer que, de momento, esta funcionalidade só está disponível para os Estados Unidos, mas a previsão é de que pouco a pouco vai sendo implementado em outros lugares.