Curiosidades

Detectar mentiras no whatsapp ou em um email, é possível?

Com toda essa imersão no mundo da tecnologia e dos smartphones, as conversas cara a cara, passaram a um segundo plano, sendo a comunicação escrita que lidera a forma como nos relacionamos com os outros. E não está de todo errado, pois atendemos trabalhos à distância via e-mail, conhecemos novas pessoas em redes sociais e conversamos com amigos ou casais, quando não é possível um encontro físico.
Mas essa mudança comunicacional, entre outros temas, nos complica a tarefa de detectar mentiras no Whatsapp, mensagens de texto ou e-mail, levando em conta que não há linguagem corporal que ler, nem muito menos olhares ou tom de voz que passem a valer para decifrar possíveis intenções ocultas. No entanto, como as mentiras têm lpatas curtas, há certos sinais que podem ajudar a identificá-las em tais circunstâncias.
Detectar mentiras no Whatsapp ou em um e-mail, é possível?
Não vamos jogar para ser detetive? Para detectar mentiras no Whatsapp ou qualquer outro meio escrito, é fundamental confiar em sua intuição, além disso, “análise de declarações” é a chave. Segundo explicou Tyler Cohen, oficial da Agência de Inteligência da Defesa norte-americano, ao Wall Street Journal, essa análise consiste em estudar, em pormenor, as palavras que lida com a pessoa em questão, com o objetivo de detectar falhas-se houver-. Para isso, tome nota do seguinte:
Ausência de pronomes pessoais
Quando alguém mente, o “eu” ou o “nós” tende a desaparecer na conversa. Este tipo de linguagem distante é uma forma inconsciente de desvincularnos da situação sobre a qual queremos mentir. Além disso, é uma forma de não dar maiores detalhes sobre a identidade de possíveis acompanhantes.
– “Por que me responde a esta hora?” -“O dia estava muito ocupado e apareceram uns amigos.”
Ignoram algumas perguntas
Mentir é uma prática difícil, até mesmo do Whatsapp. Então preste atenção se o seu interlocutor ignora suas perguntas, também se responde de forma insuficiente. Ora, se é mentira, vai querer mudar ou fugir ao tema, de qualquer forma, pela tensão que lhe gera a mentira em si, e esta é uma maneira de fazê-lo.
– “E o que você estava fazendo?”
-“Eu visitei alguns amigos. Você assistiu a série esta tarde? Não é que ficou ótimo?”
Escrevem diferente, como costumam
Se conversam frequentemente com alguém, talvez tenha acontecido o que lhe é possível captar se está com raiva, chateado ou triste, apesar de seus esforços de escondê-lo enquanto escreve. Basta perceber que escrevem de forma diferente da cotidiana para observá-lo…o mesmo acontece quando mentem.

“Para ser honesto”, “eu odeio dizer isso mas…”, “só digo que…”
As expressões de culpa são usadas, geralmente, quando não nos sentimos confortáveis com o que pronunciaremos em seguida. É por isso que comumente são utilizadas como preâmbulo para soltar uma mentira.
Expressões como “eu acho”, “possivelmente ou provavelmente”, “eu tenho certeza” e “vamos ver”, podem dizer mentiras
As expressões ambíguas são a arma dos mentirosos, o Ás na manga para se falar a verdade. Afinal, é mais fácil se esquivar de dar uma resposta honesta que talvez não caia na graça, usando palavras ou orações que não afirmem ou neguem um fato, mas que falem de possibilidades.
É necessário esclarecer que a “análise de declarações” não é uma forma 100% confiável para descobrir fraudes. No entanto, se você falar com alguém, por escrito, e incorre na maioria dos pontos, a possibilidade de que esteja escondendo algo é muito maior, de acordo com o que sugere Tyler Cohen. Você já foi capaz de detectar mentiras por Whatsapp ou e-mail? Como deve ter notado, embora complexo, sim é possível, mas a precisão está nos detalhes.
Convidamos você a ler: