Curiosidades

A polêmica sobre o Colosso de Goya

Você pintou ou não Goya pintou o Colosso?
O Colosso é, sem dúvida, uma das obras de Goya mais admiradas e mais polêmicas. Deixou de ser considerado como uma pintura de Goya, em 2008, devido às descobertas de especialistas do Museu do Prado. A chefe de Conservação de pintura do século XVIII e especialista em Goya, Manuela Mena, e o chefe de Conservação de pintura do século XIX, João Ruiz Díez, se preferiu empregar por Asencio Juliá, discípulo de Goya, como o verdadeiro criador da obra.
Retrato de Asencio, Julia atribuído a Goya
E é que para Manuela Mena a obra de baixo corresponde à mão de outro pintor e não a Goya. Por seu lado, José Luis Díez encontrou na margem inferior esquerdo da caixa as iniciais AJ, que poderiam corresponder a Asencio Juliá.
Além disso, Manuela viu falhas de congruência e perspectiva dos touros mais próximos, por exemplo. Para ela, a composição do braço não é correta, criticou o olho fechado e, acima de tudo, a figura do Colosso, que qualificou de “misturas de cores, sujos e desligados, em frente a cores puras, nas nuvens, e em algumas figuras da parte inferior”.
Por sua parte, Rafael Gil, autor de uma tese sobre Asencio Juliá, afirmava “A obra de Goya é tão grande que é impossível que possa realizar todas as obras do início ao fim”.
Como você vai se lembrar isso aconteceu em 2008 e, desde então, a polêmica estava servida…
Reabre a polêmica em 2013
Um estudo publicado na revista AACA digital no 2103 reabre a polêmica sobre a autoria do Colosso. Um estudo científico em que foram analisados os materiais e pigmentos da obra propõe que o Museu do Prado, verifique a sua teoria. Este estudo foi levado a cabo pelo pintor e historiador Carlos Foradada e a que se associaram Nigel Glendinning e Jesus Vega.
Retrato de Goya por Vicente López
Em que se baseia Carlos Foradada?
Se os materiais são de menor qualidade do que os que normalmente utilizado Goya é porque, segundo afirma o próprio artista, durante a Guerra da Independência recebe óleos adulterados, o que dificulta a sua execução.
Os touros mais próximos, não são touros, mas bois
Não é que o Colosso está mal feito, é que está em terceiro plano, fazendo parte da paisagem.
Pelo momento, a controvérsia continua viva! O que pensas tu? Nós Estaremos atentos para novas informações sobre esta obra de Goya?
Enquanto isso, se estiver interessado em artigos sobre Arte, talvez você queira descobrir o enorme e preocupante papel da Enxaqueca na Arte.