Curiosidades

A maldição de Aaron Ramsey

O que é a chamada maldição de Aaron Ramsey?
Ao longo de sua carreira, Ramsey marcou 45 gols, e horas mais tarde morreram 18 famosos entre os que encontramos pessoas do cinema, jornalistas, esportistas, músicos ou escritores. Andrés Montes, jornalista conhecido em Portugal por ser a voz da NBA no Canal e seu peculiar estilo, morreu em 16 de outubro de 1009, dois dias depois de Ramsey marcasse um gol. A situação se repetiu exatamente um mês mais tarde: Ramsey marcava o dia 14 de novembro e o dia 16 falecia Antonio de Nigris, atacante do internacional mexicano.

2010 não foi um ano bom, de cara para o gol para Ramsey, mas a maldição voltou com mais força do que nunca em 2011: se marcava o 1 de maio, no dia seguinte os EUA anunciou a captura e morte de Bin Laden, Steve Jobs existir, o 5 de outubro, três dias depois de um gol de Ramsey e Khadafi foi morto no dia 20 de outubro. Ramsey havia marcado o dia 19. A história se repete em 2012: o meia do Arsenal marca no dia 11 de fevereiro, mesmo dia em que morre Whitney Houston, e repete no dia 4 de agosto, um dia antes da morte de Chavela Vargas.
O despertar marcador de Ramsey
Ao final da temporada 2012-2013 Ramsey havia marcado 11 gols desde sua estréia com o Arsenal, seguidos de sete mortes famosas. Uma coincidência espantosa que se seguiu a partir desse ano, quando o futebolista galês viu a porta com mais facilidade, mesmo que a percentagem de correspondência caiu. Bebo Valdés morreu em 22 de março de 2013 (Ramsey marcou naquele dia), o ditador argentino jorge Videla morreu em 17 de março (Ramsey marcou 14), o lutador Ken Norton era o dia 18 de setembro e o ator Paul Walker, de 30 de novembro, ambos poucas horas depois de um gol de Ramsey.

Esta macabra coincidência não se afastou de nosso protagonista em 2014: ‘Hurricane’ Carter, boxer, morreu no dia 30 de abril, coincidindo com um gol de Ramsey, o escultor H. G. Giger o fez no dia 12 de maio e o multifacetado Robin Williams, de 11 de agosto, ambos um dia depois de Ramsey “the works” um gol. A coisa se relaxou um pouco o ano passado, quando a maldição de Ramsey levou a duas grandes escritores… no mesmo dia: Eduardo Galeano, grande aficionado por futebol, e Gunter Grass morreram no dia 13 de abril, e Ramsey havia marcado 11.
A maldição torna forte em 2016
A maldição de Ramsey não tinha sentido, até há alguns dias, quando voltou por partida dupla. Em 9 de janeiro Ramsey mandou a bola para o fundo da rede e alguns dias depois ele morreu, David Bowie, 13 conseguiu seu segundo gol do ano e 14 falecia o ator Alan Rickman. O galego não voltou a fazer desde então, mas está claro que cada vez que consegue um gol algum rosto conhecido treme se ele chegou a sua hora. Todos os dias morre gente conhecida, mas a relação entre os gols de Ramsey e a morte dos famosos, não deixa de ser uma coincidência incrível.
Eu achei interessante a história da maldição de Aaron Ramsey? Pois não perca a maldição da mansão Playboy.