Curiosidades

A árvore do vampiro (Lenda mexicana)

A árvore do vampiro (Lenda mexicana)
A tumba e o misterioso árvore encontram-se no Museu Panteão de Belém, em Guadalajara (Jalisco, México). No Panteão de Belém estão enterradas muitas personalidades mexicanas e são inúmeras as histórias assustadoras que se contavam sobre ele. Esteve em funcionamento somente 50 anos e a última funeral teve lugar em 1896.
Museu Panteão de Belém
Conta a lenda que no final do século XIX, passou a viver em Guadalajara um estranho personagem. Suas roupas eram sempre de cor preta e jamais se viu-o sair de sua casa durante as horas de sol. De cada vez que o forasteiro se instalava começaram a descobrir-se animais mortos, sem uma única gota de sangue em seus corpos e duas pequenas marcas em seus pescoços. A população pensou que fosse algum tipo de doença epidémica e não deram mais importância ao evento. Em poucos meses não foram os animais que apareceram exanguinados mas jovens da cidade. Além da falta total de sangue em seus corpos tinham as mesmas marcas em seus pescoços que apresentavam os animais.
Museu Panteão de Belém
O desaparecimento dos jovens tinham sempre lugar por noite e somando isso com as marcas e a falta de sangue dos cadáveres, pensou-se na existência de um vampiro. Um grupo de bravos decidiu pegar o assassino e puseram como isca para um jovem voluntário. O vampiro caiu na armadilha, e foi preso pelo grupo. Acabou por ser o misterioso estranho, que vestia de preto e saía unicamente pelas noites. Foi objecto de informação sobre o que tinha que fazer para dar morte a um vampiro e lhes aconselhou que lhe clavase uma estaca de madeira no coração.
Túmulo e árvore do vampiro. Museu Panteão de Belém
Assim o fizeram e, posteriormente, o sepultaram no túmulo do Panteão de Belém. No dia seguinte, os atemorizados cidadãos viram que a estaca cravada no vampiro havia brotado de uma árvore. A lápide, via-se atravessada e, desde então, diz a lenda que o dia em que a árvore vai quebrar a pedra por completo o vampiro virá para a vida fugindo de seu fechamento.

Se você gosta de lendas assustadoras, aconselhamos a leitura de alguns artigos publicados em Sintonize Ciência sobre este tema: 4 Arrepiantes lendas da américa latina (Parte I) e 5 Arrepiantes lendas da américa latina (parte II)