Curiosidades

8 coisas que talvez você não saiba sobre os Reis Magos

8 coisas que talvez você não saiba dos Reis Magos
1. O reis? Onde é que?
Em seu Evangelho, Mateus fala apenas de “magos”, não indica nem seus nomes, nem os seus intervalos ou títulos. A palavra “magos” apontaria aqui a condição de sábios ou homens de ciência. Mesmo os historiadores têm sustentado que pertenciam ao zoroastrismo.
Além disso, quando Mateus escreve “do Oriente” –sendo que estão na Palestina–, pode-se indicar, de acordo com os especialistas, que provinham de “Babilônia”, e ser os “doutores babylonian da tradição oral”, escola que sobreviveria até o século VIII.
2. Mais informações sobre os evangelhos apócrifos
Especificamente no do Pseudo-Tomé –o Evangelho arménio da Infância– contam que chegaram com três legiões de soldados: da Pérsia, Babilônia e da Ásia, e, além disso, os vinculam-se familiarmente, isto é, que tinham algum tipo de parentesco entre eles.
3. Melchior, Gaspar e Baltasar
Em nenhuma parte do Evangelho de Mateus, aparecem os nomes dos Reis Magos, as primeiras referências, no entanto, provêm do século V, de dois textos: o Excerpta latina barbari, onde os chamam Melichior, Gathaspa e Bithisarea, e do Evangelho armênio, cujos nomes são Balthazar, Melkon e Gaspard.
Mas onde aparecem os nomes que conhecemos hoje é, na igreja de Santo Apolinário Novo, em Ravenna, na Itália, em um friso que representa a procissão das virgens, e conduzido por três personagens vestidos ao modo persa, que vai dar ofertas para a Virgem, sentada em um trono com o menino Jesus em um joelho.
Friso na Igreja de Ravena
Sobre as cabeças desses três personagens se lê Gaspar, Melchior, Balthassar.
4. Três presentes, o três Reis Magos?
A tradição nos conta que uma vez a estrela os guiou até Belém, onde nasceu Jesus, deram-lhe ouro –por sua condição de rei dos judeus–, incenso –por sua condição divina e a mirra –composto usado para embalsamar, aludindo ao seu futuro, sofrimento e morte.
Por isso deu-se por sentado que eram três, mas de acordo com outras tradições e histórias eram quatro, sete ou doze dos Reis Magos que viajaram.

A referência de que são três dá Origem no século IV, e V, o papa Leão I, o Magno estabeleceu este número oficial para toda a cristandade.
5. O Baltasar era de raça negra?
Devido ao esforço da igreja por difundir o cristianismo, a partir da alta Idade Média –entre os anos de 476 e 1000– se acostumou representar Baltasar como de raça negra, para representar e explicar a adoração dos Reis Magos como representantes de todas as raças conhecidas até então.

Assim, Melchor seria europeu e Gaspar oriental.
6. Os túmulos dos Reis Magos está em Colônia?
Uma lenda conta que, depois da ressurreição de Cristo, o apóstolo Tomé encontrou na Saba, onde foram batizados e nomeados bispos.
No ano 70 teriam sido martirizados e depositados os três no mesmo sarcófago, posteriormente, santa Helena levou os restos a Constantinopla, de onde, no século XII, Frederico I Barbarossa e os transferiu para a Colônia.
Monumento onde repousam, supostamente, os restos e relíquias dos Reis Magos, no da Catedral de Colónia
A localidade começou a chegar um grande número de peregrinos a visitar os restos dos Reis Magos, e por essa razão, iniciou-se a construção da catedral desta cidade –que demora 600 anos para ser feita–, transformando a Colônia em um dos três grandes centros de peregrinação, junto a Roma e Santiago de Compostela.
7. Por que o 6 de janeiro comemora-se o Dia de Reis?
Na tradição católica, o dia 6 de janeiro é o dia da Epifania, ou seja, quando Jesus toma forma humana na Terra e se dá a conhecer ao mundo pagão, especificamente perante os Reis Magos do Oriente. Em muitos países católicos, tomou o costume de unir ambas as festividades, até que pouco a pouco se esqueceu o significado da epifania e a parceria com a adoração dos Magos.
8. Presentes
Entrado o século XIX, adotou-se o costume que os Reis Magos levaram brinquedos para as crianças –claro está que, nos países católicos–, e já não se fez a distinção em suas funções (Melchor levava ouro, Gaspar incenso e Baltasar mirra, embora em costumes posteriores Melchor regalava doces e mel, Gaspar roupas e coisas práticas, e Baltasar punia as crianças que se tenham portado mal).
Você tem que fazer o dia de Reis? Como é essa celebração no seu país? Convidamos você a conhecer os costumes de natal de outros países, como a Etiópia, Brasil e Grécia, e saber sobre o verdadeiro significado do Natal.