Curiosidades

5 Megaconstrucciones hoje desaparecidas

Quem já não sonhou que estava viajando de volta no tempo e podia visitar algumas das maravilhas que hoje já não existem. Para que possamos nos aproximar delas, mesmo que seja através de nossa imaginação, vamos conhecer 5 megaconstrucciones hoje desaparecidas.
5 Megaconstrucciones hoje desaparecidas
1. Colosso de Rodes
O Colosso foi construído pelo povo da ilha de Rodes, em honra ao deus Helios, que os tinha livrado de um terrível cerco. O dinheiro para construir o receberam da venda de armas e equipamentos de guerra abandonados por sua sitiador, Demétrio poliorcetes Começaram a construir o 292.C. e demorou 12 anos. Era feito de placas de bronze sobre um esqueleto de ferro e medindo 32 metros. O ergueram à entrada do porto de Rodes, mas, infelizmente, durou apenas 60 anos, já que foi destruído por um terremoto que partiu à altura dos joelhos.

Se não restam vestígios na ilha, é porque um mercador sírio, em 654 d.C. comprou a dos árabes, que haviam invadido a ilha dos restos que ficavam. O comerciante precisou de 900 camelos para levá-los.
2. Jardins Suspensos da Babilônia
A cidade de Babiolonia encontrava-se no que hoje é o Iraque. Era a capital do Império Babilônico. O rei Nabucodonosor II mandou construir os jardins suspensos em homenagem a sua esposa Amitis entre 605 e o 562 a.C. Curiosamente não há evidências físicas da existência desses maravilhosos jardins, só os conhecemos pelos antigos relatos.

No ano de 539 a. C. a cidade foi abandonada após a conquista persa e os jardins -se é que existiram realmente – perderam-se para sempre. Os desenhos e maquetes que representam são uma recriação obtida a partir dos restos de jardins semelhantes.
3. A estátua de Zeus em Olímpia
Se tivésseis vivido em 443 a.C. e viajado para o Olímpia, no sul da Grécia, terias podido contemplar uma das melhores megaconstrucciones hoje desaparecidas: a estátua de Zeus. A escultura mede 13 metros de altura e era obra de Fídias.

Na sua construção foram empregados materiais preciosos como marfim e ouro. Resistiu até a invasão do Império Romano em que foi destruída.
4. O mausoléu de Halicarnasso
O mausoléu de Halicarnasso foi o túmulo que a rainha Artemísia II de Cária dedico a seu marido e irmão Mausolo. Foi construído entre 353 e 350 a.C. em Halicarnasso, no que hoje é a Turquia e, naquele momento, era um pequeno reino da Ásia Menor pertencente ao Império Persa. Era um túmulo tão magnífica que o nome do mausoléu ficou para designar qualquer túmulo suntuoso. Medindo 45 metros de altura, divididos em quatro andares, decorados com relevos dos melhores escultores gregos.

Na cidade de Bodrum existe um museu onde se podem ver os restos do famoso mausoléu.