Curiosidades

3 SÍNDROMES que você pode sofrer se você ama em excesso os livros

1. Bibliomanía
O amor pelos livros é chamado de bibliofilia e não tem nada que ver com a bibliomanía. Esta é um distúrbio obsessivo-compulsivo que está associada diretamente à síndrome do colecionador compulsivo. Neste caso, a pessoa acumula livros que não são úteis nem têm nenhum valor.

Dá-Se o caso de bibliómanos que têm vários exemplares de um mesmo livro e até mesmo de guias expiradas. Este tipo de coleccionismo, baseia-se na quantidade e não na qualidade ou utilidade dos livros. A única coisa que compartilham o bibliómano e o bibliófilo é que o seu amor por o livro não se limita à leitura, mas que recai sobre o objeto.
2. Bibliofagia
É outro transtorno obsessivo-compulsivo que não raro deixa de existir. Inclui-Se dentro das “espadas”, que são os distúrbios que impelen a ingerir coisas incomuns e de nenhum valor nutritivo. Neste caso consiste em um impulso irreprimível de comer livros ou papéis de qualquer tipo. Aproximando-se dar o caso de pessoas que comem papel higiênico.

Ao ingerir o papel, também consomem produtos químicos utilizados no seu fabrico e naturalmente celulose. Esses componentes não são aptos para o consumo humano e podem prejudicar a saúde do bibliófago de forma muito séria. Se se suspeitar desta doença, há que recorrer ao especialista para colocar remédio o mais rápido possível.
3. Bibliocleptomanía
O bibliocleptómano é um bandido especializado. Como todos os que sofrem deste problema psíquico, sente um impulso incontrolável de subtrair algo, neste caso, livros. Há quem rouba por não ter dinheiro para comprar, quem o faz para revender e ganhar dinheiro, mas o bibliocleptómano o faz no afã de possuir, não importa seu valor. Pode roubar em lojas ou ser aquela pessoa que emprestar um livro e nunca retorna.
Como curiosidade, citaremos dois avisos à bibliocleptómanos. O primeiro é do século XV e se pode ver na biblioteca da Universidade de Salamanca. Nele se condena a eles, o que rouba um livro.

O segundo é uma maldição. Vários autores afirmam que se encontra na biblioteca de um mosteiro espanhol e embora não tenhamos podido verificar, citamos como uma curiosidade.
“Para aquele que rouba, ou emprestar um livro e seu dono não o devolve,
que se lhe mude na rebento na mão e o inglês.
Que fique paralisado e condenados todos os seus membros.
Que desmaiará de dor, gritos implorando misericórdia, e que nada amenizar seus sofrimentos até que morra.
Que os vermes dos livros a roan as entranhas como o faz o remorso que nunca cessa.
E quando, finalmente, desça para o castigo eterno, que as chamas do inferno o consumam para sempre.”
Se você gosta de livros, talvez você possa interessar 10 livros que mudaram a sua forma de ver as coisas.