Curiosidades

10 aspectos com os quais um introvertido se costuma identificar

Os introvertidos, em troca, lhes é normalmente associada com ideias algo erradas, como a timidez ou a falta de habilidades sociais. Imagens que nem sempre são certas, uma vez que também é muito frequente, por exemplo, encontrarmo-nos com pessoas extrovertidas com escassas habilidades sociais. Temos de ter em conta, por sua vez, que não há uma personalidade melhor que a outra, um extrovertido nunca será melhor do que um introvertido e vice-versa. São, simplesmente, comportamentos diferentes e modos diferentes de ver a vida.
10 aspectos com os que se você é introvertido certamente se identificarão
Vamos falar hoje dos introvertidos, vamos enumerar uma série de dimensões que habitualmente costumam identificar-se, depois, coméntanos se são conhecidas estas situações. Pronto para começar?
1. Os outros pensam que eu sou mal-educado
Normalmente os introvertidos dos costumam rotular como antipáticas ou tímidos, mas, na realidade, têm outros interesses que vão além. Não estão tão brincos de socializar, de ter que ser obrigados a cair bem em todo o mundo.

Tendem a ser mais independentes e desfrutar de seus momentos de privacidade.
2. Preferem locais mais tranquilos
Os introvertidos gostam mais de cenários com um baixo nível de estimulação. Isso não quer dizer que um extrovertido também o faça de vez em quando, mas o introvertido sempre se identificará mais com esses tipos de lugares.
3. Os introvertidos não lhes incomoda o silêncio
Há muitas pessoas que vêem nos outros momentos de desconforto. Se no meio de uma conversa aparece um silêncio, muitos tentam evitá-lo com aquilo que primeiro lhes vier à mente. Os introvertidos não se importam com essas situações, é mais, compartilhar o silêncio é, às vezes, um modo de demonstrar cumplicidade entre duas pessoas, sem obrigação alguma de falar.
4. Depois de se socializar, precisam desligar
Os introvertidos podem desfrutar de uma festa como todo o mundo, mas se ela ficar muito acabam esgotando.

Depois de muitas horas de socialização precisam de “recarregar as energias de solidão”, voltar a ser eles mesmos com facilidade.
5. Melhor ficar com uma única pessoa no grupo
Os introvertidos tendem a estabelecer bons laços de amizade, fortes e muito sinceros. Mas com poucas pessoas. Não lhes costumam gostar das reuniões com muitas pessoas, sempre desfrutar ficando frente a frente com uma única pessoa. É para eles mais íntimo e gratificante.
6. Em sala de aula, costumam sentar-se ao final da aula para observar os outros
As pessoas costumam pensar que se sentam ao final das aulas para passar desapercebido, mas, na verdade, os introvertidos são uns grandes observadores e gostam de fazê-lo em silêncio desde a sua privacidade.
7. Costumam ser mais criativos e não lhes incomoda a solidão
É mais, gosto muito de seus momentos de solidão porque são bons momentos para desenvolver seus hobbies: ler, escrever, desenhar, tocar um instrumento… Os extrovertidos, por sua vez, precisam de mais momentos de socialização e, embora de vez em quando possam desfrutar de um pequeno instante de solidão, costumam se desespere, porque estão associados à perda de tempo ou a sentir-se rejeitados.

Os introvertidos, por sua parte, não pensam igual.
8. Odeiam os trabalhos em grupo
Quando você tem que fazer um trabalho em grupo em sala de aula, não existe tortura pior. Já sabe o que vai acontecer: Discussões, censuras, falta de entendimento… O detestas, mesmo prefere fazer o trabalho sozinho antes de ter que suportar a seus companheiros.
9. Os outros te dizem que você é lento, mas, na realidade, só você pegar as coisas com calma
Por que ter pressa? O importante é aproveitar o momento com tranquilidade e sem pressa, fazendo as coisas bem. Nunca saberás por que o resto do mundo está tão obcecado em sempre ir tão rápido.
10. Ouvir sempre as mesmas perguntas: “você Está bem? Por que estás tão calado?”
Porque eu quero, porque eu não tenho nada que dizer, porque eu estou bem com meus pensamentos. Se tal acontecer continuamente, então você certamente já deve saber que você é algo introvertido e que os outros não entendem que vê o mundo de outro modo, e que é melhor falar quando se tem algo importante a dizer.